A ideia de um conceito, ou é proposta?

É tempo de realizar o tão esperado projeto de graduação. E com ele, veio essa vontade de estudar um pouco mais sobre as metodologias apreendidas ao longo dos meus quatro anos acadêmicos. Então, sempre que dá eu acabo usando as redes sociais para treinar um pouco o meu conhecimento, principalmente quando é feita alguma pergunta no grupo da sala.
Alguém me explica a diferença entre conceito e proposta ??? (conceito na nossa disciplina prática é a ação-verbal- que o produto vai fazer) , pra mim proposta e conceito é a mesma coisa, não?

Para mim, depende de como você está trabalhando; igual existem diferentes tipo de desenho (cognitivo, comunicacional e de apresentação), por exemplo, você tem essas diretrizes de projeto – conceito proposta e o que mais vir, como se eles fossem uma faca de dois gumes. Tanto você pode ter a proposta, que é desmembrada em vários conceitos e aí vários outros verbos por assim dizer (proposta aprofundada em conceitos), como você pode ter o conceito geral, descriminando exatamente a que o produto se refere e sendo em conjunto com outras determinantes a sua proposta (conceitos que determinam a proposta).

Na verdade, dentro de um projeto você tem basicamente três momentos de desenvolvimento. Por isso, você vai encontrar tanto o conceito geral como o específico,.. (existe o conceito inicial, o conceito de projeto e o conceito de produto) e eu acho que aí pode estar sua contradição. Esse conceito onde se explica por meio de verbos o que seria seu produto, é o conceito inicial, formulado a partir das justificativas – o primeiro conceito do projeto.

Posteriormente, após a proposta definida, são tidas as diretrizes de projeto que geram outros conceitos, menores, mas que estão apoiados nesse primeiro. E mais ainda, após o desenvolvimento das ideias baseadas no segundo – o conceito de projeto, você acaba concebendo o conceito final do produto gerado, que é basicamente a cara final dele.

Pode ser que tenha ficado um pouco confuso. Por isso, para o entendimento desses três momento de projeto, é preciso entender também como são dadas as outras fases metodológicas antes da geração do conceito em si (investigação e criação). Dentro do meu entendimento de metodologia científica o planejamento e especificação da oportunidade, com a posterior proposição do benefício báscio (conceito) vai ser gerados a partir do desenvolvimento da Pesquisa de Introdução, onde vai se dar a imersão em um determinado universo temático, e em seguida o desenvolvimento da Justificativa e dos Objetivos Gerais e Específicos do projeto.

As justificativas são sempre externas ao seu projeto- “PORQUE” foi tida a escolha do tema, como por exemplo, se foi por uma oportunidade de mercado, uma tendência de consumo, … Basicamente elas são a sua pesquisa em si, o que veio de fora do seu desenvolvimento.

Já os objetivos são seus, o que você vai estar fazendo durante a duração do projeto em questão – seria por definição “O QUE?”. Os objetivos devem ser o que te motiva a estar fazendo ou ser feito de modo geral, para posteriormente serem listados os objetivos específicos. Nesse momento, é importante garantir que os objetivos específicos te ajudem a alcançar o objetivo geral.

É como eu exemplifiquei para a pessoa que me perguntou,.. “Não adianta a gente querer abraçar o mundo sem organizar com várias pessoas de encontrar em tal lugar para darem as mãos em um mesmo momento com seus fuso horários.. haha enfim.”

 

478817_10201179882845159_1572741170_o (1)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s